Seguidores

Siga-nos por E-mail

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Uma estória...


Bom dia meus amicãos!

Ontem, aconteceu uma coisa com minha Cuidadora que a fez ficar triste ao tomar conhecimento...
Ela faz faculdade, né? Então...
No intervalo das aulas, saíram do laboratório ela e mais 2 pessoas. Foram à cantina e tomaram um café.
Durante a conversa, uma das pessoas, comentou que o avô tem uma chácara (ou sítio) e, em um determinado tempo, este avô fez inseminação artificial em algumas vacas (acho que foi em 3) e aí nasceram 3 bezerrinhos.
Ele tinha 3 cães de grande porte (lembro que tinha Rotweiller e mais dois que não me recordo as raças).
Falo no passado, pois os 3 estão mortos.
O que mais deixou minha Cuidadora espantada e triste é o fato e o como tudo aconteceu.
Contou que os 3 cães mataram os 3 bezerros... O avô desta pessoa ao ver o fato (os bezerros mortos), pegou uma arma (algo como espingarda, grande deste jeito) e foi ao encontro dos 3 animais e disparou contra eles.
Os matou...
É impressionante, como, durante a explanação, esta pessoa que contou a estória, em alguns breves momentos, chegou a esboçar uma espécie de sorriso, como se de alguma aquilo tivesse um cunho de algo engraçado...
Incompreensível para a minha Cuidadora.
A pergunta que foi feita por minha Cuidadora à ele foi: "Mas por ser um espaço tão grande, não havia um canil? Não havia um espaço que fosse reservado para as vacas, bois e bezerros?"

A resposta foi em tom de seriedade, disse que é muito grande para haver isto...
Até aonde ela sabe, existe sim locais como estes que possuem estas divisões e estes cuidados (na verdade nada mais é do que preservar estas vidas... Tanto a dos bezerros, vacas e bois quanto a dos cães).
Lamentável a estória...

Quando voltaram ao laboratório ainda houve certa continuação na conversa e acabou que uma colega de sala de aula perguntou como é o Rotweiller.
Minha cuidadora buscou uma imagem para mostrar à ela.
Quando viu, achou lindo o animal. O professor que estava em sala também viu e achou bonito também.
Acabou que minha Cuidadora comentou sobre a raça (ela teve o Hunter, um lindo Rotweiller. Foi o bebê dela... Ele morreu à pouco mais de 1 ano com um câncer. "Saudades eternas Hunter...").

Acho que isso nunca irá mudar em minha Cuidadora...
Parece que ela sofre as perdas em tamanha intensidade (como se fosse um ser humano, ,as na verdade para ela não há estas distinções, são primeiramente VIDAS, independente se humanas ou animais; na verdade é errado distinguir assim, pois somos VIDAS Racionais e Irracionais, nada mais...) e esta intensidade, acabou que a fez derramar algumas lágrimas durante a conversa com o Mestre que estava em sala.

É assim a vida sabe...
Existem pessoas e pessoas.
Formas e formas de pensar e agir...

A única coisa que minha Cuidadora fala sobre estas diferenças, é que "se existe" Deus, ele tá vendo tudo; e nesta vida, cada um de nós recebe da VIDA exatamente o que dá à ela.

Outra coisa que faz com que muitas pessoas fiquem caladas ao ouví-la é que "acreditar em DEUS todos acreditam (de forma generalizada), o difícil é encontrar quem FAÇA Deus" (no sentido de fazer o que ele ensina...).

Tenham um ótimo feriado, e se tiverem tempo, FAÇAM DEUS hoje (cada um de vocês à sua forma...).

Lambidinhas prá você!

Pessoal! Conheçam a nossa Fan Page! Curtam-nos! 

Comunidade

Aguardo por vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário